sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

CALCULO DE CONSUMO DE APARELHOS


VOCE GOSTARIA DE SABER QUANTO GASTA UM AR CONDICIONADO?OU QUALQUER OUTRO APARELHO E QUANTO VOCE VAI PAGAR POR MES?

Converter
DeParaMemo
 J J
 kJ kJ
 calIT calIT
 calth calth
 cal15 cal15
 cal20 cal20
 cal cal
 kcalIT kcalIT
 kcalth kcalth
 kcal kcal
 kgf.m kgf.m
 W.s W.s
 W.h W.h
 kW.h kW.h
 HP.h HP.h
 CV.h CV.h
 BTUIT BTUIT
 BTUth BTUth
 BTU BTU
 ft.lbf ft.lbf
 ft.pdl ft.pdl
 erg erg
 eV eV
 quad quad
 thm (EC) thm (EC)
 thm (US) thm (US)
 gTNT gTNT
 tTNT tTNT
 ktTNT ktTNT
 MtTNT MtTNT
  

    Para       

Calculadoras On-Line 

  •   Memórias
  •   Calculadora
  •   WebCalc-Painel

  • DICAS E & C
    Diante da crise energética anunciada pelo governo, passamos a ter interesse em conhecer como é feito o cálculo do consumo de energia elétricados diversos eletrodomésticos que possuímos em casa.

    O cálculo do consumo de energia elétrica não é uma tarefa tão complicada quanto você pode estar imaginando. Este procedimento requer a aplicação de uma fórmula básica, definida pela seguinte expressão:
    W=P.T, onde:

    W
     - energia consumida;

    P
     - potência do eletrodoméstico considerado;

    T
     - tempo de utilização do eletrodoméstico.

    Com a fórmula acima mencionada, fica claro que a energia consumida é diretamente proporcional à potência do aparelho e ao respectivo tempo em que o mesmo fica ligado. Resumindo: Quanto maior a potência e o tempo de utilização, maior será a energia consumida e, conseqüentemente, a conta para pagar no final do mês.
    phone sem-fioQuando você compra um eletrodoméstico, por exemplo, um telefone sem-fio, este aparelho traz uma etiqueta que informa a energia necessária para o funcionamento do mesmo. Esta energia é expressa pelo termo potência, cuja unidade é o Watt. Portanto, a potência é o valor que você precisa conhecer para calcular a energia consumida por um determinado aparelho que fica ligado em um período de tempo conhecido. Vamos ver dois exemplos para aplicar os conceitos vistos, considerando que a emissão da conta de luz ocorra a cada trintas dias.

    Eletrodoméstico: Telefone sem-fio

    Potência do aparelho: P=3,0 watts;

    Tempo de utilização do aparelho:
    Como o telefone sem-fio fica ligado 24 horas por dia, o tempo em horas para trinta dias será: T=(24h/dia x 30dias) :: T=720 horas
    Aplicando os valores encontrados em W=P.T, temos:
    W=(3,0W x 720,0h) :: W=2.160,00Wh. Dividindo este valor por 1000, vamos obter W em kWh (quilo.watt.hora). Então, a energia consumida pelo telefone sem-fio no período considerado será de 2,16kWh.

    Para saber o preço que você pagaria por este consumo, basta multiplicar pelo custo do kWh fornecido pela concessionária local. Para obter este valor pegue a sua conta de luz e divida o valor a ser pago pelo consumo de energia em kWh. Supondo que o preço do kWh seja de R$0,27 centavos de reais, o custo da energia consumida pelo telefone sem-fio será de: C=(2,16 x 0,27) :: C=R$0,58 centavos de reais.

    É um valor bem pequeno, chegando mesmo a ser desprezível. No entanto, diante do pacote energético anunciado pelo governo, devemos nos esforçar em reduzir o consumo de energia. Logo, não é bom pensar somente no valor a ser pago, mas sim na redução em kWh.

    Eletrodoméstico: Chuveiro elétrico

    Potência do chuveiro: P=5.400 watts

    Tempo de utilização do chuveiro:
    Vamos considerar que você gaste 10 minutos por dia. Neste caso, o tempo em minutos acumulado no mês será: T=(10min/dia x 30 dias) :: T=300 minutos. Convertendo este valor para horas, teremos: T=(300/60) :: T=5 horas

    Aplicando os valores encontrados na fórmula W=P.T, temos:
    W=(5.400W x 5h) :: W=27.000Wh.
    Dividindo este valor por 1000, encontramos 27 kWh, que é a energia consumida pelo chuveiro no período considerado.
    tomadaConforme você percebeu nos dois exemplos citados, o cálculo do consumo de energia elétrica é bem simples. Você pode fazer isto para todos os eletrodomésticos (máquina de lavar, geladeira, forno de micro-ondas, aspirador de pó, etc.) que possuir em casa, ou seja, qualquer aparelho que precise de energia elétrica para funcionar.


    Alguns eletrodomésticos apresentam ciclos automáticos de liga-desliga, mesmo estando o cabo de força conectado na tomada. A geladeira é um exemplo, e neste caso, você não pode considerar 24 horas por dia no cálculo do consumo de energia.

    Quando for comprar uma geladeira ou um outro eletrodoméstico, verifique se o mesmo possui o selo de aprovação do PROCEL (Programa de Combate ao Desperdício de Energia). Este selo traz o consumo de energia em kWh e, além disso, você tem a certeza de estar comprando um produto que prima pelo baixo consumo de energia.

    Para finalizar este assunto, é bom frisar que a utilização de eletrodomésticos de baixo consumo de energia, aliados a uma instalação elétrica bem projetada e executada, constituem um sistema eficiente no combate ao desperdício de energia.

    Cada um de nós tem na sua casa vários equipamentos eléctricos ou electrodomésticos que influem no nosso consumo de energia. Usamo-los por vezes sem controlo, o que faz disparar a conta de electricidade. 
    Como remediar a esse problema? 
    Conhecer o nosso consumo sabendo o que os nossos aparelhos “comem”, verificar regularmente o nosso contador de electricidade e no momento da compra de um electrodoméstico ter em conta a sua potência (que na maioria dos casos é o seu consumo).
    Conhecer a potência dos aparelhos permite saber, também, a potência do contador ao qual vamos contratar.
    Porque a potencia do contador tem sua importância? 
    É simples, se o contador for de 3,5 kWh de potência, se ligar um ferro de engomar de 2000 W e o forno de 2500 W isso o fará disparar porque só a soma de estes dois aparelhos é de 4500 W, que é superior a potencia do contador. Neste caso se tiver muitos aparelhos ligados ao mesmo tempo (o que não é aconselhável) deverá contratar um contador com maior potência.  
    Conhecendo algumas fórmulas de base não haverá surpresas quando a factura chegar. 
    O primeiro passo é: Fazer um levantamento da potência de todos os aparelhos e equipamentos existentes em casa. Como por exemplo: Televisão, máquina de lavar roupa, aquecedores eléctricos etc. … 
    A seguir faremos as contas seguintes.
    Sabemos que a energia eléctrica E consumido por um aparelho eléctrico é igual ao produto da sua potência eléctrica P multiplicado por o tempo de passagem t da corrente eléctrica: 
    E = P x t ou seja - E em Joule, P em Watts, t em segundos
    Exemplo de aplicação:
    Cálculo da energia consumida por um forno eléctrico de 3,5kW, em funcionamento durante 1h30 mins.
    Temos que exprimir a potência em Watts e o tempo em segundos
    P = 3.5kW = 3500 W 
    T = 1 h 30 mins = 3600 + (30 x 60) = 5400 s
    Aplicando a fórmula: E = P x t que nos dá 3500 x 5400 = 18 900 000 J
    O consumo do forno é de 18 900 000 j ou 18 900 kJ
    Más como indica o exemplo, o joule é uma unidade muita pequena, por isso usamos outras unidades que são:
    - O Watt-hora (Wh), P neste caso é exprimido em Watts, t em horas que nos dá:
    1 Wh = 1 W x 1 h = 1 W x 3600 s = 3600 J.
    - O Kilowatt-hora (kWh), P neste caso é exprimido em kilowatts, t em horas que nos dá:
    1 Wh = 1000 W x 1 h = 1000 W x 3600 s = 3 600 000 J.
    Se aplicamos estes dados ao exemplo anterior obtemos os valores seguintes
    P = 3,5 kW = 3500 W
    T = 1 h 30 min = 1+ (30mn: 60) = 1,5 h
    Obtemos a energia em Wh calculando: E = P x t ou seja 3500 x 1,5 = 5 250 Wh.
    O consumo de energia é de 5 250 Wh ou seja 5 250: 1000 = 5,25 Kwh 
    A medição da energia consumida é feita através do contador eléctrico. 
    Ao efectuar regularmente o levantamento do valore, seremos capaz saber o montante da nossa factura e assim detectar eventuais erros de leitura. 
    E agora um pequeno exemplo de consumo mensal de uma casa.
    Fazemos um relevo dos aparelhos e do seu uso médio, para calculáramos o consumo mensal. 
    O dono de uma casa quer avaliar o seu consumo mensal de electricidade. Assim temos;
    Televisão = 100 W durante 5 horas – lâmpada de halogéneo = 150 W durante 2.5 horas – frigorifico = 300 W durante 5 horas – aquecedor = 1500W durante 4.5 horas.
    Calculemos o consumo por dia com ajuda da fórmula E = P x t de cada aparelho, sabendo que neste caso t será em horas e E em Wh
    Televisão = 100 x 5 = 500 Wh – lâmpada = 150 x 2.5 = 375 Wh – frigorífico = 300 x (500: 60) = 2500 Wh – aquecedor = 1500 X 4.5 = 6 750 Wh. Que nós dá 
    Como consumo diário: 500 + 375 + 2500 + 6 750 = 10 125. Por mês: 10 125 x 30 = 303 750 Wh ou seja convertido 303.75 kWh. O dono da casa consome em media 303 kWh de energia eléctrica por mês.
    Espero que lhe seja útil quando decidirá adquirir um electrodoméstico. 
    Obrigado por ler o resumo.
    AR CONDICIONADO 
  • Portal da Refrigeração
  • Gasto de energia de um ar condicionado, como calcular


    Com o aumento da temperatura muitas pessoas começam a pensar em comprar um ar condicionado. No entanto, elas também ficam preocupadas com o aumento que a conta de energia terá com o aparelho novo.
    É claro que o consumo de energia irá aumentar com a instalação de um ar condicionado mas ao menos dá para se calcular qual será o valor máximo para evitar sustos na hora do pagamento da conta.
    O processo para calcular o consumo de um ar condicionado é bastante simples mas uma ressalva tem de ser feita: nós podemos chegar ao valor máximo possível do consumo mas na prática ele será um pouco menor. Isso acontece porque o compressor do ar condicionado não funciona o tempo todo - ele desliga quando a temperatura chega à programada no termostato e torna a funcionar quando ela passa desse ponto.
    A cada desligamento do compressor, o consumo de energia cai muito porque o compressor é o grande "devorador" dela. O ventilador, mesmo funcionado o tempo todo, consome muito menos energia que o compressor do ar condicionado.
    Para calcular o consumo do ar condicionado nós precisamos dos seguintes dados:
    • potência do aparelho em Watts (W)
    • previsão do número de horas que o ar condicionado ficará ligado por dia;
    • previsão do número de dias por mês que o ar condicionado ficará ligado;
    • o custo do quilowatt/hora no imóvel onde o ar condicionado vai ser instalado
    A potência em Watts você encontra numa etiqueta colada nor ar condicionado ou no site do fabricantem, quase sempre em "especificações técnicas".
    A previsão do número de horas e dias de funionamento do ar condicionado é uma estimativa feita por você.
    E o custo do quilowatt/ hora você encontra na conta de luz.
    De posse desses dados, fazemos a seguinte conta:
    Consumo do ar condicionado em kW = (Potência em Watts X número de horas ligado X número de dias ligado ) /1000
    Consumo do ar condicionado em R$ = consumo mensal em kW X custo do quilowatt/ hora
    Vamos a um exemplo prático usando um ar condicionado da Consul de 10.000 BTUS:
    Potência em 110 ou 220 V: 971 W
    Número de horas ligado: 10
    Número de dias no mês: 22
    Custo do kW/h: R$ 0,47
    Consumo em kW =( 971 W X 10 horas X 22 dias) / 1000 = 213,62
    Consumo do ar condicionado em R$ = 213,62 kW X R$ 0,47 = R$ 100,40
    Em resumo, o aparelho da foto acima, ligado 8 horas por dia, durante 22 dias no mês terá um consumo máximo de energia de R$ 100,40

    Perguntas sobre consumo de energia do ar condicionado

    Vai fazer diferença se meu aparelho for 110 ou 220 V?
    Não, o consumo será o mesmo embora você vá encontrar muito maus profissionais no mercado dizendo que o aparelho de 220 V consome menos. 

    O mito dos aparelhos 220V serem mais econômicos que os 110V


    Uma grande quantidade de pessoas, algumas até com formação técnica e/ ou universitária, sai repetindo que os aparelhos 220V são mais econômicos do que os 110V.
    Isso é uma idéia equivocada, proveniente da não compreensão de alguns conceitos elétricos. E pode levar a alguns consumidores a sair trocando seus aparelhos, gastando desnecessariamente um dinheiro que demorará muito a ser pago.
    Daremos uma explicação para isso evitando entrar em detalhes físicos.
    A primeira coisa que temos que ter em mente é nossa conta de luz é cobrada em Watts e não em Amperes (A) ou em tensão (V).
    Mas então como é calculado o nosso consumo em Watts?
    Simples, de uma maneira muito simplificada, multiplicando a tensão ("voltagem) pela corrente (amperagem):
    110 V x 7 A = 770 W
    Se o aparelho ficar ligado uma hora direto então ele terá consumido 0,77 kWh .
    Uma coisa a se mencionar é que a corrente ("amperagem") no 220V é sempre a metade do 110V. Ou seja um aparelho de 220 V consumirá:
    220 V X 3,5 A = 770 W
    Ou seja os mesmos 0,77 kWh que seriam cobrados na conta caso o aparelho fosse 110V.
    Na verdade os aparelhos de 220V consomem um pouco menos porque podem trabalhar com uma fiação mais fina devido a menor corrente ("amperagem") que utilizam.
    Mas essa diferença de consumo é tão pequena que demoraria algumas dezenas de anos, para um consumidor obter retorno trocando um ar-condicionado 110V por outro 220V.
    Usar aparelhos 220V é o ideal caso estejamos contruindo um novo imóvel pois poderemos economizar na fiação, devido ao menor diâmetro dela, ou então caso fosse necessário comprar um aparelho novo, de qualquer maneira. Nunca para substituir um 110V apenas por esse motivo.

     CALCULE QUANTOS BTUS TEM QUE SER SEU AR CONDICIONADO

    CALCULO DE BTU


    Este cálculo pode ajudá-lo a escolher o ar condicionado ideal para sua casa ou trabalho, com o cálculo de BTU’s você encontra o produto ideal, garantindo seu conforto com a máxima eficiência e economia.
    Preencha os campos abaixo e clique em calcular:
    Total de Área em m2Total de pessoas máximo no ambienteTotal de COMPUTADORES
    Ex.: 3.80

    10 dicas para economizar o consumo de energia do ar-condicionado

    10 dicas para economizar o consumo de energia do ar-condicionado
    Verão, sol e muito calor, hora de ligar o ar-condicionado e aproveitar todos os benefícios de um clima agradável e climatizado. Para ajudá-lo a aproveitar essa época quente sem sustos na hora de pagar a conta de luz buscamos 10 dicas para você diminuir o consumo de energia do seu aparelho.  Read more →

    Por que comprar um aparelho com Selo PROCEL?

    Por que comprar um aparelho com Selo PROCEL?
    Respondendo algumas dúvidas freqüentes sobre Selo Procel, o Blog WebArCondicionado explica para você porque dar preferência a aparelhos com o selo e quais as vantagens. O Selo Procel (Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica), é uma forma de orientar o consumidor na hora da compra, indicando os produtos que apresentam os melhores níveis de eficiência energética dentro de cada... 

    Inverno: a melhor estação para comprar um aparelho de ar condicionado

    Inverno: a melhor estação para comprar um aparelho de ar condicionado
    O inverno pode ser uma ótima oportunidade para comprar um aparelho de ar condicionado. Os termômetros estão lá em baixo, mas está na hora de pensar em como refrescar o ambiente no verão. Parece difícil imaginar isso agora, mas entenda nesta postagem quais as razões para esta escolha.  Read more →

    Como calcular o consumo do Ar Condicionado?

    Como calcular o consumo do Ar Condicionado?
    Recebemos inúmeros e-mails questionando o valor mensal que um ar condicionado consome, e você sabe como calcular quanto gasta de luz por mês? Pode parecer difícil ou confuso, mas é um calculo simples, aprenda agora com as nossas dicas:  Read more →

    Os Splits Hi Wall 12000 BTUS Mais Economicos de 2009/2

    Os Splits Hi Wall 12000 BTUS Mais Economicos de 2009/2
    Pesquisamos os condicionadores de ar split hi wall 12000 BTUS que estão no mercado brasileiros no segundo semestre do ano de 2009 e que consomem menos energia segundo os dados de eficiência energética fornecidas pelo Inmetro. Confira:  Read more →

    Os Splits Hi Wall 9000 BTUS Mais Economicos de 2009/2

    Os Splits Hi Wall 9000 BTUS Mais Economicos de 2009/2
    Pesquisamos os condicionadores de ar split hi wall 9000 BTUS que estão no mercado brasileiros no segundo semestre do ano de 2009 e que consomem menos energia segundo os dados de eficiência energética fornecidas pelo Inmetro. Confira:  Read more →

    Os Splits Hi Wall 7000 e 7500 BTUS mais econômicos de 2009/2

    Os Splits Hi Wall 7000 e 7500 BTUS mais econômicos de 2009/2
    Pesquisamos os condicionadores de ar split hi wall 7000 e 7500 BTUS que estão no mercado brasileiros e que consomem menos energia segundo os dados de eficiência energética fornecidas pelo Inmetro. Confira:  Read more →

    Economia de Energia – Selo PROCEL

    Economia de Energia – Selo PROCEL
    Pensando na sua economia ao comprar um ar condicionado, está sendo disponibilizado as tabelas de consumo/eficiência energética para download. Selo PROCEL: Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica. Essas tabelas são fornecidas pelo INMETRO e apresentam todos os produtos aprovados no  Read more →

    Selo PROCEL economiza 4,3 mil GWh

    Selo PROCEL economiza 4,3 mil GWh
    Nesta semana, a Eletrobrás divulgou que no ano de 2008 o Selo PROCEL foi o responsável pela economia de 4,3 bilhões de kWh. As avaliações dos técnicos da empresa avaliam que neste ano de 2009 a economia seja de 10% a 15% maior do ano anterior. Contribuição do PROCEL em  Read more →





    QUANTOS WATTS VALE 1 BTU

    1 BTU = 1.055,05585 W.s (watt-segundo)


    Calculando:
    W.s = 7.500 x 1.055,05585
    W.s = 7.912.918,875

    Transformando Watt-segundo em Watt-hora:

    W.h = W.s / 3600
    W.h = 7.912.918,875 / 3.600
    W.h = 2.198,033


    Ou seja:
    7.500 BTU correspondem a potência de 2.198,033 Watt durante uma hora.


    tabela_ar.gif (682×148)

Nenhum comentário:

Postar um comentário